sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007

Por detrás da descriminalização do aborto, a igualdade social


Nos meus tempos de revolucionário marxista-leninista, na sede de um pequeno partido, ali, na Alexandre Herculano, imediatamente antes da Sinagoga, pontuavam, diariamente, duas jovens mulheres desempoeiradas. Hoje, li o que uma diz sobre a descriminalização do aborto até às dez semanas de gravidez; apesar do seu retorno à Sinagoga, não me desiludi. Gostava de ouvir o que sobre este mesmo assunto diz a outra. Estou certo de que também não me desiludirei. É que apesar do idealismo de então o decurso da vida ainda não nos embotou o sentido da busca da igualdade social. A mais simples, a que envolve os dois protagonistas deste Mundo: homens e mulheres.


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial