domingo, 19 de junho de 2016

…por agora a CGD, mas ficará a saga por aí?

Seguir-se-ão o NB (Novo Banco), de novo o velho BES, depois o BCP (outra vez) e, quiçá, o MG que já estará manco? Como na bola, como dizia o outro, prognósticos só no fim do jogo, tão erradas me têm saído as previsões.

Mas não é caso para admiração: a exuberante burguesia banqueira é o espelho onde se revê desfocada a nação, taciturna, mas não menos trapaceira.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial