terça-feira, 7 de novembro de 2017

Grande Revolução Socialista Proletária de Outubro de 1917: a maior revolução social de que há memória.

As paixões que desperta — o ódio dos capitalistas privados, a veneração dos adeptos fanáticos e a desilusão dos idealistas ingénuos — podem distorcer a sua real importância, mas nada apaga o feito memorável da transformação de um velho e vasto Império atrasado no desenvolvimento económico e político num conjunto de países modernos e medianamente desenvolvidos, levado a cabo num curto período histórico pela instauração do comunismo assalariado, sob a forma de capitalismo de Estado monopolista e de Estado totalitário. Passa agora o primeiro centenário, mas por muitos outros será lembrada.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial